Plano Mun. de Saneamento Básico Acesso ao Portal da Transparência
HISTÓRICO

O início da colonização do atual município de Marques de Souza deu-se entre 1870 e 1880, com a chegada de imigrantes alemães oriundos da região de Nova Petrópolis. Primeiramente, a localidade recebeu o nome de Neu Berlin da Forqueta, ainda pertencendo a Lajeado.

Em 15 de agosto de 1886 foi fundado o Grupo de Canto Coral Apollo, formado só por homens e que ainda existe hoje, mantendo a tradição e em franca atividade. Em 24 de fevereiro de 1889 foi inaugurada a 1ª Igreja da localidade. Pelo ato nº 596 de 04/07/1916, João Batista de Melo, interventor do município mãe Lajeado, criou o 5º Distrito de Lajeado (atual Marques de Souza), com a denominação de Nova Berlim e que foi instalado em 18/07/1916. Ainda em 1916 ocorreu a mudança do nome da localidade para o nome atual, em homenagem ao Conde de Porto Alegre, Manoel Marques de Souza. O primeiro subintendente nomeado foi o senhor Natalício Antonio Pereira.

O Cartório de Registros Civis também começou a funcionar em 1916, sendo o primeiro escrivão distrital o senhor Álvaro da Costa Melo. A Sociedade Escolar Marques de Souza foi fundada em 1922. O transporte rodoviário entre Marques de Souza e Lajeado iniciou em 1924, quando Luiz F. Lange mantinha um “caminhão de passageiros” com 15 lugares. Em 1925 o alfaiate Guilherme Withölter comprou um automóvel, e foi a partir daí que Marques de Souza teve o seu primeiro táxi. Em 03 de outubro de 1933 foi fundado o primeiro clube de futebol do então distrito, com o nome de Esporte Clube Brasil.

De 1942 a 1948, existia no município uma indústria de pedras semipreciosas que chegou a ter 42 empregados, mas até o fim da década de 50 a empresa estava praticamente extinguida. Hoje, pequenas empresas familiares atuam neste ramo; mas também existem outros segmentos industriais como padarias, olarias, movelaria, atelier de calçados, agroindústrias, como as de derivados de leite, subprodutos da cana (melado, rapadura), mel, conservas, embutidos, entre outros.

Também no início da década de 40 foi iniciada a construção do Hospital de Marques de Souza, que se encontra em franca atividade, sendo considerado um hospital microrregional. Marques de Souza conquistou sua autonomia político-administrativa através da Lei Estadual 10.665/95, de 28 de dezembro de 1995, sendo instalado oficialmente como Município em 01 de janeiro de 1997. A Comissão de Emancipação foi presidida por Nilvo Ruben Ritter, mais conhecido por Xerife (já falecido), e tendo como vice Dorival Künzel. Em 03 de outubro de 1996 ocorreram as primeiras eleições no Município, elegendo prefeito Gelsy Elton Arend (PP) e vice Rubem Kremer. Hoje, a agropecuária tem o maior peso na Economia do Município, representando cerca de 80% do Valor Adicionado fiscal. A avicultura, a suinocultura e a produção leiteira são as principais atividades econômicas, apoiadas por uma política de incentivos do governo municipal. A produção de fumo, a fruticultura, entre outras, também integram o rol das culturas diversificadas.

LOCALIZAÇÃO



Marques de Souza é banhado em toda sua extensão pelos rios Fão e Forqueta, tendo em suas margens instalados, hoje, 06 (seis) campings, que recebem durante a temporada de veraneio visitantes de vários municípios da região, da capital e de outros Estados, inclusive. O município é cortado em 2/3 de seu território pela BR 386. Além da Sede, é formado pelos distritos de Bela Vista do Fão e Tamanduá, que também já eram distritos do Município-Mãe Lajeado. Os moradores da Sede e parte de Tamanduá são, em sua maioria, descendentes de origem alemã, exceto parte de Linha Atalho, que se diferencia pela miscigenação das raças. Já os moradores de Bela Vista do Fão e das localidades de Vasco Bandeira e Picada Serra, bem como de parte do distrito de Tamanduá caracterizam-se pela descendência italiana.

INDICADORES

Dados Gerais
População Total (2011): 4.068 habitantes
Área (2011): 125,2 km²
PIBpm(2010): R$ mil 57.412
PIB per capita (2010): R$ 14.113
Exportações Totais (2010): U$ FOB 5.001
Data de criação: 28/12/1995 - (Lei nº . 10665)
Munícipio de origem: Lajeado

Demografia
Densidade Demográfica (2011): 32,4 hab/km²

IDH
Taxa de analfabetismo de pessoas com 15 anos ou mais (2010): 6,91 %
Expectativa de Vida ao Nascer (2000): 73,57 anos
Coeficiente de Mortalidade Infantil (2010): 0,00 por mil nascidos vivos


Eleições Municipais
Vagas para Vereador (2012): 9
Eleitores (2012): 3.644

HINO E SÍMBOLOS

Hino

Veleiros Lançados Ao MarUma Esperança Que Surge No Olhar
Alemães E Italianos Em Busca De Uma Nova Vida
Na América Encontraram Um Lar.

Nossas Terras Habitaram
Aqui Plantaram E Colheram Sementes
Saboreando Frutos Da Glória
Aqui Fizeram Sua História

" Marques De Souza, Marques De Souza
O Teu Sol Tem Mais Cor
Teus Rios E Matas Tem Mais Vida
E Teu Povo Colhe E Planta Amor "

Ao Banhar-Me Nos Teus Rios
Contemplo O Ceu Azul
Deste Chão Abençoado
Marques De Souza Querida
Do Nosso Rio Grande Amado

Teu Povo Acolhedor
Dança E Canta Com Louvor
Preservando Tua Cultura
Com Muito Zelo E Amor

" Marques De Souza, Marques De Souza
O Teu Sol Tem Mais Cor
Teus Rios E Matas Tem Mais Vida
E Teu Povo Colhe E Planta Amor ”


Autores
Fabio da Silva Conceição e Daniele Caroline Closs.

Curta nossa Fan Page

Rua Getúlio Vargas, 796 - Bairro Centro - Marques de Souza/RS - 95923-000 / Telefone: +55 (51) 3705-1122