Agricultura

Com incentivos produtor ampliará granja de suínos

Família Wessel recebe auxílio para construir um novos galpão e alojar 1,2 mil animais

O suinocultor Paulo Wessel, 51, da localidade de Alto Tigrinho, pretende investir R$ 1,4 milhão em um novo galpão para alojar até 1,2 mil suínos por lote. Com ajuda do filho Daniel, 24, da filha Daiane, 19, e da mulher Isolde, 46, administra uma granja com 3,2 mil animais alojados.

“Iniciamos na atividade faz oito anos. Estes incentivos concedidos pela prefeitura nos permitem fazer novos investimentos, garantir a sucessão, ter mais renda e qualidade de vida.”

Os animais chegam com peso entre 22 e 33 quilos e são abatidos com média de 146 quilos. Cada lote permanece alojado até 145 dias. Além da tecnologia implantada nos galões para facilitar o trabalho e elevar a conversão.

Wessel aposta em um outro equipamento, o acelerador de compostagem, comprado de uma empresa de São Paulo. “Os animais mortos são triturados e depois viram um composto orgânico dentro da máquina em poucos dias. Torna o processo mais sustentável.”

 

Vontade de investir

Para o filho Daniel os incentivos propiciam inúmeros benefícios. “Será importante para aumentarmos a nossa produção, investir em tecnologias e melhorar a produtividade. Ao mesmo tempo, melhoram a nossa qualidade de vida e nos motiva a permanecer na propriedade da nossa família e investir nela.”

As obras devem iniciar depois da aprovação do financiamento bancário e a liberação da integradora.

 

Modernização das propriedades

O prefeito Fábio Mertz (PP) visitou a propriedade e ressaltou a importância de manter e incrementar os auxílios ao setor primário. “Ficamos extremamente felizes em ver estes jovens investindo. Estamos cientes dos desafios e dificuldades enfrentadas, mas, graças aos incentivos, conseguimos auxiliar na modernização da infraestrutura, na ampliação da produção e assim manter a missão de produzir alimentos.”

 

Fotos Giovane Weber/FW Comunicação